Crítica sobre a OmiseGO (OMG) – Crypto Coin Judge

O que é a OmiseGO?

Fundada em 2013 e apresentada na Forbes como a Rockstar da Fintech, a OmiseGO é uma “resposta a um problema de coordenação fundamental entre os processadores de pagamento, os acessos e as instituições financeiras”. A plataforma, em vez de se focar demasiadamente numa moeda cripto,como a bitcoin ou a Dogecoin, permite que os seus utilizadores tenham fácil acesso à Omisego Network & Digital Wallet Framework..

Uma rápida olhadela sobre alguns elementos-chave da OmiseGO:

  • A OmiseGO visa “Desbancarizar os Bancarizados com a Ethereum”.
  • A OmiseGO é o primeiro projeto plasma.io.
  • A OmiseGO não é uma tecnologia de plataforma.
  • O recurso central da OmiseGo é o Ether.

omisego

O que tem a Omisego a dizer sobre a criptomoeda?

Uma criptomoeda apresenta-se sob a forma de dinheiro digital. É hoje considerada a moeda mais segura do mundo, embora os hackers estejam sempre de olho nela.

Não seria incorreto chamar a criptomoeda “Moeda da Internet”, não por ser criada no mundo online, e até mesmo ser destruída de vez em quando, mas porque deve a sua origem à criptografia, cuja principal função é converter informações legíveis num código descompactável, monitorizando todas as compras e transações.

A loucura das criptomoedas como as bitcoins e a Ethereum chegou hoje a tal ponto que os investidores de todo o mundo, apesar de estarem conscientes das flutuações do mercado de investimento e da sua volatilidade, estão cada vez mais interessados em usá-las e explorá-las, graças aos seus investimentos atrativos.

Que problemas resolve a OmiseGO?

Em primeiro lugar, a rede OmiseGO permite a interoperabilidade entre sistemas de pagamento fechados (por exemplo, Paypal, Alipay, Visa, WeChat, Apple Pay, cartões TenX).

Vamos tentar compreender através de um exemplo: supondo que esteja a usar o Alipay e que o seu amigo aceite pagamentos via Paypal, podem fazer uma transação entre vocês? E se estiver a fazer uso do Apply Pay e o seu senhorio do Venmo? E se estiver a usar apenas Euro, e o seu amigo estiver a aceitar USD?
 

O que é que os investidores podem fazer com a plataforma de blocos da OmiseGO?

Nesta parte do artigo, vamos falar sobre o que poderá fazer, como investidor, com a plataforma de blockchain da OmiseGO.

Ao usar uma plataforma de blockchain da OmiseGO, como investidor, pode fazer transações do seu dinheiro, livres de complicações, entre os sistemas fechados, sem realmente usar uma carteira OmiseGO, embora também possa desejar fazê-lo, devido aos motivos abaixo mencionados.

blockchain

Libertando ativos inutilizáveis: Há números finais de ativos bloqueados em sistemas fechados que ficam encalhados. Os Cartões de Presente, as Milhas Aéreas e os Pontos de Recompensa, embora tenham todos um valor, são inerentemente bastante difíceis de usar. No entanto, graças à OmiseGO, estes ativos foram libertados e podem ser gastos. Assim, a plataforma permite que as pessoas não bancarizadas tenham uma experiência sem problemas na área bancária.

Como se diferencia a OmiseGO dos câmbios padrão?

Como sabemos, o objetivo principal da OmiseGO é criar interrupções na “venda e compra” de criptomoedas, de uma troca para outra. Esta plataforma torna-o possível, ao ligar as carteiras de moeda existentes a uma cadeia de blockchain central da OmiseGO, permitindo que os utilizadores façam câmbios de criptomoedas fáceis e descomplicados.

Comparando-a também a outros sistemas, a OmiseGO diferencia-se por ser agnóstica, em termos de moeda, e descentralizada, das seguintes formas:

Descentralizada

Os câmbios, nos dias de hoje, tornaram-se operações centralizadas. Isso significa que as bases de dados, que contêm detalhes de todas as transações orquestradas na troca, são acumuladas num servidor (ou grupo de servidores) da bolsa, além de todos os dados disponíveis para um utilizador específico, e geralmente adicionando uma forma de identificação, como a carta de condução ou o passaporte.

A OmiseGO traz aos seus utilizadores a mesma funcionalidade de troca, mas mantém todas as suas transações armazenadas e descentralizadas na blockchain. Isto não só mantém os dados protegidos contra os hackers, mas também os impede de controlar e roubar os fundos de alguém. Mesmo que um hacker tente fazê-lo, terá de verificar o utilizador de cada blockchain, o que, como resultado, torna as tentativas de ataques praticamente impossíveis.

Agnóstica monetária

Um grande número de bolsas permite aos utilizadores fazer o câmbio do seu dinheiro da moeda fiduciária para a criptomoeda e vice-versa. Devido a esta restrição, são cortadas muitas taxas da conta de um utilizador.

Vamos tentar compreender com um exemplo: suponha que quisesse converter as suas BTC (Bitcoin) para ETH (Ether). A primeira coisa a fazer seria localizar uma bolsa que facilitasse a negociação em BTC e ETC. Depois de encontrar essa bolsa, teria de enviar BTC da sua carteira para a bolsa. Após terminar, poderia fazer a conversão das suas BTC para uma moeda fiduciária comum (digamos, USD). Por fim, precisaria de fazer a conversão dos USD de novo para ETH.

Durante todo este processo, os câmbios estarão a cobrar taxas, incluindo às suas duas tentativas, primeiro ao vender as suas BTC e depois ao comprar ETH

A OmiseGO, de facto, livra-o de um tipo de processo dispendioso e enviesado, ao designar-se por agnóstica monetária.

Assim, quando estiver na OmiseGO a converter ETH em USD, ou ETH em BTC, as taxas e o processo permanecem os mesmos; isto é, pode fazer uma conversão direta por uma pequena taxa.

Que Problemas do Mundo Real Pretende a OmiseGO Resolver?

Nesta parte do artigo, vamos falar sobre os tipos de problemas que a OmiseGo pretende resolver:

Dois tipos de problemas:

O primeiro: A OmiseGO deseja apresentar às pessoas não bancarizadas, não só na Ásia, mas em todo o mundo, uma solução que lhes permitirá (como utilizadoras da rede) ter, enviar e receber dinheiro de uma forma desmaterializada, a um custo mínimo, não importa que ativo ou moeda pretendam enviar.

O segundo: O segundo problema que a OmiseGO quer resolver relaciona-se com a questão de coordenação, a que chama “um problema de coordenação fundamental entre os processadores de pagamento, acessos e instituições financeiras”. A empresa diz que essa dificuldade de coordenação surgiu devido às “redes fechadas” do mundo financeiro e económico, em que um utilizador se depara com muitos problemas de transações de rede cruzada e, o que é mais importante, tem de pagar um montante elevado em termos de taxas de transação, quando se trata de enviar dinheiro ou valores via rede cruzada.

No entanto, a solução universal e descentralizada da OmiseGO torna-se bastante mais fácil e menos onerosa quando se trata de enviar dinheiro de uma rede para outra, agnosticamente, entre tipos de ativos ou moedas e jurisdições ou países.

Agora que descobrimos que tipos de problemas a OmiseGO irá focar e resolver, nesta parte vamos aprender sobre os tipos de clientes que tem visado desde a sua criação.

Dois tipos de clientes que a OmiseGO tem como alvo?

Existem dois tipos de clientes que a OmiseGO tem principalmente como alvo:

Utilizadores individuais: O primeiro tipo de clientes que a OmiseGO decide segmentar são os utilizadores individuais localizados no Sudeste da Ásia, dando-lhes a facilidade de uma conta bancária onde podem facilmente, com segurança, rapidez e a um baixo custo, desfrutar do envio e da receção de dinheiro e valores de ativos numa rede aberta, sem esperar pela aceitação dos bancos, permitindo assim aos clientes monitorizar a sua própria autonomia financeira.

Comerciantes, Fornecedores de Carteiras, Fornecedores de Pagamento Eletrónico: O segundo tipo de clientes que a OmiseGO tem como alvo inclui comerciantes, fornecedores de carteiras e Provedores de Pagamento Eletrónico (EPP), aos quais permite que ofereçam as suas soluções, para que os seus clientes possam fazer transações contínuas e realizar trocas de dinheiro ou de qualquer tipo de valores de uma qualquer rede para outra.

Embora pudessem aprofundar-se os detalhes sobre as plataformas abaixo mencionadas, para lhe dar a conhecer mais sobre os três principais recursos da OmiseGO, limitamo-nos a apenas algumas linhas, que possam dar-lhe facultar-lhe alguma informação.

O que são a DEX, a carteira OmiseGO e a carteira de marca branca SDK?

1 – O que é o Câmbio Descentralizado da Omentown (DEX)?

A OmiseGO, desenvolvida sobre um Câmbio Descentralizado (DEX), permite aos utilizadores trocar os seus valores por outros, em tempo real.

2 – O que é a carteira OmiseGO?

Uma carteira OmiseGO, sendo uma aplicação, permite enviar, armazenar e receber ativos de valor e dinheiro.

3 – O que é a carteira de etiqueta branca SDK?

Uma SDK é um Kit de Desenvolvimento de Software ou uma coleção de funções de programação pré-definidas que permite aos programadores desenvolver aplicações de forma eficiente e rápida.

Como é que a Ethereum e a OmiseGO interagem uma com a outra?

Como afirmado anteriormente, a blockchain da OmiseGO não permite que cada operação ocorra na sua plataforma: antes, tudo o que se relaciona com as regras subsequentes da OMG para verificar que dinheiro está a ir para onde, que encomendas comerciais estão a ser implementadas e de que forma isso ocorre na blockchain da OmiseGO, no entanto é apenas na blockchain da Ethereum que a entrega final pode acontecer. Caso contrário, toda a operação decisiva, fosse de liquidação ou compensação, ocorreria na cadeia da OmiseGO,

cross wallet transaction

enquanto a transação final de dinheiro será de facto possível através da blockchain da Ethereum.

Nesta parte, reunimos alguns pontos-chave para lhe relembrar o que leu anteriormente, o que a OmiseGO tem vindo a fazer e pelo que tem vindo a passar ao longo destes anos.

Alguns Factos Importantes que deve conhecer sobre a Omisego

  • A OmiseGo é uma plataforma de pagamento e uma e-carteira que pode usar para comprar e vender os seus ativos e moedas.
  • A OmiseGO ajuda na gestão de criptomoedas/moedas fiduciárias/outros ativos, em virtude de seu robusto Kit de Desenvolvimento de Software de carteiras.
  • A rede descentralizada líquida em cadeia da OmiseGo e a rede descentralizada de pagamentos fora da cadeia ajudam ao funcionamento do seu ecossistema de trabalho.
  • A visão da OmiseGo é atingir um dos maiores mercados de remessas, que foi avaliado em $ 442 biliões em
  • A OmiseGo pode resolver problemas como taxas, tempo de liquidação, transparência, finalidade e segurança.
  • A OmiseGO não entra diretamente em disputa com quaisquer carteiras eletrónicas existentes ou cartões de crédito de criptomoedas.
  • A OmiseGO permite que os seus utilizadores façam pagamentos através de qualquer recurso digital de qualquer país para fazer compras de mantimentos.
  • O projeto OmiseGO é parte da Omise, uma empresa fintech bem-sucedida criada em 2013.
  • Uma carteira OmiseGo tem a capacidade de manter muitos tipos diferentes de moedas e ativos.
  • A blockchain da OmiseGo faz uso de um contrato inteligente Ethereum para acumular as reservas de Ether da troca descentralizada.
  • A OmiseGo é uma blockchain com prova de participação, com carteiras a cobrar taxas das encomendas de câmbio concluídas em blocos validados por elas.
  • A OmiseGo destina-se principalmente ao longo caudal de plataformas eWallet, como, por exemplo: Alipay, Venmo, Paytm, Omise.
  • A OmiseGo facilita a troca em tempo real de todo o tipo de moedas e ativos digitalizados.
  • A e-wallet da OmiseGo oferece taxas baixas, rápido tempo de transação, levantamentos e depósitos rápidos.
  • Os tokens OMG são a moeda nativa da blockchain da OmiseGo.
  • A OmiseGo é a bolsa descentralizada mais rápida e económica.
  • A OmiseGo é promovida para substituir a tecnologia da blockchain.

customization

O que dizem os Média sobre a Omisego?

Desde que a Omisego se aventurou no mundo da moeda digital, tornou-se motivo de conversa geral. Embora as pessoas tenham dado as suas diferentes opiniões sobre ela, não obstante todas as opiniões negativas e positivas sobre a Rede Omisego, notou-se um tremendo aumento no seu crescimento. Seguem-se alguns links de notícias que podem ajudá-lo a saber mais sobre a Omisego. Vamos dar-lhes uma espreitadela e ler sobre esta jornada de sucesso.

Conclusão

Desbancarizar os Bancarizados com a Ethereum

Desbancarizar os Bancarizados com a Ethereum
Como descobrimos acima, a OmiseGO visa “Desbancarizar os Bancarizados”. Trata-se de uma tecnologia financeira de liderança pública, baseada na Ethereum, a ser usada em carteiras digitais mainstream e aproveitando ao máximo esta revolucionária tecnologia. A OmiseGO permite serviços de troca e pagamento de valor entre pares em tempo real, agnosticamente, através de jurisdições e de silos organizacionais, bem como de moedas descentralizadas e dinheiro fiduciário.

Apesar de ter sido criada para permitir a interrupção das instituições em curso e a inclusão financeira, a sua plataforma fácil de usar permite a todos os utilizadores o acesso à rede OmiseGO e à sua estrutura de carteira digital.

Se desejar saber mais sobre a OmiseGO, leia o seu Relatório ou visite o seu site. Este artigo apresenta informações detalhadas desde que a empresa começou e sobre o que tem a oferecer aos seus utilizadores.

Be the first one to know about new Crypto Coins. Submit your information here!